http://www.radiofronterafm.com.br/ads.txt

noticias263 Seja bem vindo ao nosso site radiorevistafronteira@gmail.com!

Brasil

Foz do Iguaçu é selecionada para receber a vacinação contra a dengue

Publicada em 26/01/24 às 09:08h - 12 visualizações

Radio Fronteira


Compartilhe
Compartilhar a noticia Foz do Iguaçu é selecionada para receber a vacinação contra a dengue  Compartilhar a noticia Foz do Iguaçu é selecionada para receber a vacinação contra a dengue  Compartilhar a noticia Foz do Iguaçu é selecionada para receber a vacinação contra a dengue

Link da Notícia:

Foz do Iguaçu é selecionada para receber a vacinação contra a dengue
 (Foto: Reprodução)
Foz do Iguaçu é uma das 30 cidades paranaenses selecionadas pelo Ministério da Saúde para receber, ainda em fevereiro, a vacinação contra a dengue. Em todo o Brasil, serão 521 municípios. 

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (25) pelo Governo Federal e tem como critério as regiões com alta transmissão da doença nos últimos dez anos e população residente igual ou maior a 100 mil habitantes, levando também em conta altas taxas nos últimos meses.

Público-alvo
Serão vacinadas as crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, faixa etária que concentra maior número de hospitalização por dengue – 16,4 mil de janeiro de 2019 a novembro de 2023, depois das pessoas idosas, grupo para o qual a vacina não foi autorizada pela Anvisa.

Esse é um recorte que reúne o maior número de regiões de saúde. O esquema vacinal será composto por duas doses, com intervalo de três meses entre elas.

Além de Foz do Iguaçu, outras 29 cidades do Paraná foram selecionadas, incluindo os municípios que compõem a 9ª Regional de Saúde.  

As regiões priorizadas são aquelas com mais de 100 mil habitantes, alta transmissão da dengue e com predominância do sorotipo DENV-2. 

Os municípios contemplados são Londrina, Cambé, Rolândia, Jaguapitã, Ibiporã, Florestópolis, Bela Vista do Paraíso, Jataizinho, Primeiro de Maio, Sertanópolis, Tamarana, Porecatu, Assai, Miraselva, Lupionópolis, Guaraci, Centenário do Sul, Alvorada do Sul, Pitangueiras, Prado Ferreira, Cafeara, , Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Missal, Itaipulândia, Matelândia, Serranópolis do Iguaçu e Ramilândia. 

A Secretaria de Estado da Saúde (SESA), bem como a Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu aguardam informações técnicas sobre o quantitativo de doses e as datas de entrega dos imunizantes. 

Prioridades
A definição de um público-alvo e regiões prioritárias para a imunização foi necessária em razão da capacidade limitada de fornecimento de doses pelo laboratório fabricante da vacina. 
A primeira remessa com cerca de 757 mil doses chegou ao Brasil no último sábado (20). O lote faz parte de um total de 1,32 milhão de doses fornecidas pela farmacêutica. Outra remessa, com mais de 568 mil doses, está com entrega prevista para fevereiro. Além dessas, o Ministério da Saúde adquiriu o quantitativo total disponível pelo fabricante para 2024: 5,2 milhões de doses. 

De acordo com a empresa, a previsão é que sejam entregues ao longo do ano, até dezembro. Para 2025, o Ministério já contratou 9 milhões de doses.

O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal. O Ministério da Saúde incorporou a vacina contra a dengue em dezembro de 2023. A inclusão foi analisada de forma célere pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS), que recomendou a incorporação.





assessoria




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (45)999127301

Visitas: 13395736
Usuários Online: 395
Copyright (c) 2024 - radiorevistafronteira@gmail.com
Converse conosco pelo Whatsapp!