Saúde

Estudo mostra sintomas de longo prazo em pacientes

Publicada em 29/09/2021 às 13:14h

por


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: reprodução)

Pelo menos um sintoma de covid-19 de longo prazo foi encontrado em 37% dos pacientes de três a seis meses depois da infecção pelo novo coronavírus, mostrou um estudo amplo da Universidade de Oxford e do Instituto Nacional de Pesquisas de Saúde nesta quarta-feira (29).

Entre os sintomas mais comuns estão problemas respiratórios, fadiga, dor e ansiedade, disse a Universidade de Oxford depois de investigar sintomas em mais de 270 mil pessoas que se recuperam da doença.

Os sintomas se revelaram mais frequentes em pessoas que foram hospitalizadas e ligeiramente mais comuns entre mulheres, de acordo com a pesquisa.

Ele não revelou causas detalhadas, gravidade ou duração dos sintomas da covid longa, mas indicou que pessoas mais velhas e homens tiveram mais dificuldades respiratórias e problemas cognitivos, enquanto jovens e mulheres tiveram mais dores de cabeças, sintomas abdominais e ansiedade ou depressão.

"Precisamos identificar os mecanismos subjacentes aos diversos sintomas que podem afetar os sobreviventes", disse Paul Harrison, professor da Universidade de Oxford que comandou o estudo.

"Essa informação será essencial se for para evitar ou tratar eficazmente as consequências de saúde de longo prazo da covid-19", acrescentou.

 

 

 

assessoria




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 +55(45)99127301

Visitas: 1216307
Usuários Online: 138
Copyright (c) 2021 - Radio Fronteira FM 101,7 - TA NA FRONTEIRA TA LEGAL
Converse conosco pelo Whatsapp!